Última hora

Em leitura:

A grande gafe dos Óscares em imagens e nas redes sociais

Dos membros da Academia, às estrelas presentes na cerimónia e ao público que assistia em casa, ninguém queria acreditar que o mais prestigiosos galardão da noite, o Óscar para o Melhor Filme, tinha sido atribuído ao filme errado.

De seguida, apresentamos em imagens a forma como o erro foi corrigido e “Moonlight” foi finalmente anunciado como o vencedor, marcando um final tão dramático como confrangedor para a cerimónia, que deu muito que falar nas redes sociais.

A cerimónia aproximava-se do fim quando Warren Beatty e Faye Dunaway entraram em cena para anunciar o Melhor Filme de 2017.

AWARDS-OSCARS/

Mas, pouco depois do anúncio da suposta vitória de “La La Land”, tournou-se claro que algo estava errado.

AWARDS-OSCARS/

Um membro da organização, munido com um auricular, entra em cena e oferece explicações à equipa do musical e a um Warren Beatty visivelmente confuso.

AWARDS-OSCARS/ AWARDS-OSCARS/

O produtor de “La La Land”, Jordan Horowitz, assume o controlo da situação, pega no microfone e diz: “Não é uma piada. ‘Moonlight’ é o Melhor Filme”. E mostra o cartão onde está escrito o veredito.

AWARDS-OSCARS/ AWARDS-OSCARS/

Segue-se um momento de embaraço e sentimentos confundidos, enquanto a equipa de “Moonlight” sobe ao palco para receber o prémio que lhe pertence e o anfitrião, Jimmy Kimmel, tenta com humor aligeirar o ambiente.

AWARDS-OSCARS/

Numa demonstração de grande classe, Horowitz felicita e abraça o realizador de “Moonlight”, Barry Jenkins, antes de lhe entregar a estatueta e deixar o palco.

AWARDS-OSCARS/ AWARDS-OSCARS/

Jenkins e o resto da equipa parecem, no entanto, recuperar rapidamente do choque e desfrutar do momento inesperado de glória.

AWARDS-OSCARS/

Fotografados mais tarde, Mahershala Ali, que conquistou o Óscar para Melhor Ator Secundário em “Moonlight”, e Emma Stone, Melhor Atriz pelo papel em “La La Land”, nao parecem perturbados pela reviravolta da noite.

AWARDS-OSCARS/

Uma pista para a origem da confusão: o envelope entregue para ser lido por Warren Beatty, onde está claramente marcado “Atriz num Papel Principal”.

AWARDS-OSCARS/

Beatty tentou, ele próprio, justificar o engano, explicando que ficou confuso, quando leu no cartão “Emma Stone”, em vez de simplesmente o nome do filme, “La La Land” (ou “Moonlight”, como estaria indicado no cartão certo).

AWARDS-OSCARS/

Na tradicional festa pós-cerimónia, Beatty continua firmemente agarrado ao envelope “errado”.

AWARDS-OSCARS/

A PriceWaterhouseCoopers, empresa responsável pelo apuramento dos votos dos Óscares, disse em comunicado: “Pedimos sinceras desculpas a ‘Moonlight’, ‘La La Land’, Warren Beatty, Faye Dunaway e ao público dos Óscares pelo erro feito durante o anúncio para o prémio do Melhor Filme. Os apresentadores receberam por engano o envelope da categoria errada e assim que isso foi descoberto, foi imediatamente corrigido. Estamos atualmente a investigar como pode acontecer e lamentamos profundamente que tenha sucedido.”

As reações nas redes sociais

Como seria de esperar, os utilizadores das redes sociais na internet não tardaram a reagir ao erro.

Alguns destacavam a reação de supresa da equipa de “Moonlight”:

Enquanto outros lamentavam que a gafe tenha retirado atenção à vitória de “Moonlight”:

Mas, para a maioria, foi a oportunidade de ouro para dar largas ao humor:

O anfitrião, Jimmy Kimmel, gozou com o engano, comparando-o com erro feito por Steve Harvey durante o anúncio da vencedora da Miss Universo

E o Twitter aderiu rapidamente à piada:

Não faltou mesmo quem aproveitasse a oportunidade para comentar um dos principais acontecimentos políticos do último ano:

A Academia absteve-se de comentar o sucedido na sua pagina oficial no Twitter:

Já o realizador de “Moonlight”, Barry Jenkins, não só precisou estar “sem palavras”:

Como felicitou a classe com a qual o produtor de “La La Land” absorveu o “impacto”: