Última hora

Em leitura:

Lionel Messi volta a atacar vítima preferida


the corner

Lionel Messi volta a atacar vítima preferida

Lionel Messi estragou a festa dos 300 jogos no banco do Atlético Madrid para Diego Simeone ao garantir os três pontos para o Barcelona, que continua assim na perseguição do Real Madrid. O técnico continua sem derrotar os catalães na Liga espanhola desde que chegou ao Vicente Calderón.

O Barcelona até pode estar bem distante do brilho de outros tempos mas quem tem Messi na equipa, está sempre mais próximo do triunfo. O filme do jogo nem sequer é inédito, o Atlético dominou uma boa parte do encontro mas no final foi o argentino a fazer a diferença, apontado o golo da vitória a quatro minutos dos noventa.

Com esta derrota os colchoneros estão praticamente afastados da luta pelo título, seguem em quarto a dez pontos da liderança. Na frente, com mais um ponto que Barcelona, mas também menos um jogo, está o Real Madrid, que esteve a perder por 2-0 em Villarreal mas deu a volta ao marcador com golos de Bale, Ronaldo e Morata.

Ases e Azelhas

O Atlético de Madrid tem sido a vítima preferida de Lionel Messi e mesmo passando ao lago do jogo, o argentino deixou a sua marca. Tem agora um total de 27 golos apontados frente aos colchoneros, 13 dos quais no Vicente Calderón.

Cristiano Ronaldo fez o gosto ao pé da marca de grande penalidade frente ao Villarreal e com isso atingiu mais um recorde. É agora o jogador com mais golos de penálti na história da Liga espanhola, tem 57, mais um que Hugo Sánchez.

De mal a pior vai o Osasuna, que foi derrotado pelo Espanyol por 3-0 e não vence um encontro no campeonato desde 17 de outubro. Soma 16 encontros consecutivos sem vencer e 19 sempre a sofrer golos.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

the corner

Bayern tropeça mas continua tranquilo