Última hora

Credores internacionais retomam discussões com Atenas

Após semanas de impasse, a Grécia reatou esta terça-feira as discussões com os credores internacionais.

Em leitura:

Credores internacionais retomam discussões com Atenas

Tamanho do texto Aa Aa

Após semanas de impasse, a Grécia reatou esta terça-feira as discussões com os credores internacionais.

Funcionários europeus e do Fundo Monetário Internacional (FMI) encontraram os ministros das Finanças e da Energia, num hotel de Atenas, para discutir as medidas que o governo helénico terá de implementar após a partir de 2019, ou seja, após a conclusão do plano de resgate.

O dia começou com discussões sobre uma nova fase de privatizações.

O regresso dos credores foi possível após o acordo obtido, na semana passada, na reunião do ECOFIN e que Atenas estima ser honroso.

O governo aceita preparar medidas para 2019, mas recusa mais austeridade. No entanto, o FMI estima que as previsões orçamentais dos europeus são demasiado otimistas e exige mais medidas impopulares.

Para lá da reforma do sistema tributário, para cobrar mais impostos, o organismo quer novos cortes nas pensões, que já foram reduzidas uma dezena de vezes desde 2010.

Atenas espera obter um acordo rapidamente. Em julho tem de reembolsar 7,5 mil milhões de euros em dívida.