Última hora

Em leitura:

Vasta retrospetiva da obra de Johannes Vermeer no Louvre


Cult

Vasta retrospetiva da obra de Johannes Vermeer no Louvre

Em parceria com

O Museu do Louvre, em Paris, apresenta uma vasta retrospetiva da obra de Johannes Vermeer.

A exposição mostra as semelhanças e diferenças entre o mestre holandês do século XVII e os artistas da época. Ao longo da carreira Vermeer compôs toda uma série de retratos da vida doméstica, tornando-se num dos grandes mestres da pintura de género.

“A pintura de género é um tipo específico de pintura, que inclui a representação das atividades diárias, como a prática de um instrumento musical. Há obviamente uma orquestração e uma teatralização, é uma comédia mas não é para rir, representa o gosto refinado da época”, explicou o curador da exposição, Blaise Ducos.

Para o curador da exposição, a criatividade de Veermer não está tanto na originalidade dos temas retratados, mas sobretudo no ambiente e nas sensações únicas que o pintor consegue criar.

“Os temas que ele retrata são muito clássicos. Ele pinta, por exemplo, pessoas a tocar instrumentos de música, o que não é uma novidade, mas, ele coloca esses temas num pedestal e cria um ambiente psicológico distinto. Há um ambiente muito único nas pinturas do Vermeer”, afirmou o responsável.

A retrospetiva da obra de Vermeer pode ser visitada no Museu do Louvre, em Paris, até 22 de maio. A exposição viaja depois para Washington.

Os nossos destaques

Artigo seguinte

Cult

Pintura, jazz e cinema: A agenda cultural da semana