Última hora

Em leitura:

Ataque de Orlando: Mulher do autor do atentado vai aguardar julgamento em liberdade


EUA

Ataque de Orlando: Mulher do autor do atentado vai aguardar julgamento em liberdade

A mulher do autor do ataque terrorista em Orlando, nos Estados Unidos vai ser libertada. Noor Salman foi detida em janeiro na Califórnia, oito meses depois do marido ter morto 49 pessoas numa discoteca.

A justiça acusa-a de estar a par das intenções do marido mas enquanto espera pela conclusão do processo pode sair em liberdade depois de pagar uma caução de 500 mil dólares. O juíz considera que não há risco de fuga e que a mulher não representa um perigo para a sociedade nem tem ligações a grupos radicais.

Charles Swift, advogado de Noor Salman, considera que esta “é uma decisão justa e apropriada que vai permitir a Noor reencontrar o filho de 4 anos”.

A 12 de junho do ano passado, Omar Mateen, um americano de origem afegã, abriu fogo numa discoteca gay da Florida. 49 pessoas morreram e 53 ficaram feridas. Este foi o pior ataque terrorista nos Estados Unidos depois do 11 de setembro de 2001.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

Malásia

Malásia liberta e deporta norte-coreano investigado pelo homicídio do meio-irmão do líder da Coreia do Norte