Última hora

Em leitura:

Procurador-geral dos EUA reuniu-se com o embaixador russo durante a campanha


EUA

Procurador-geral dos EUA reuniu-se com o embaixador russo durante a campanha

O procurador-geral dos Estados Unidos teve dois encontros com o embaixador da Rússia durante a campanha do ano passado. A notícia é avançada pelo Washington Post e confirmada pelo Departamento de Justiça do país. Recorde-se que Jeff Sessions, que foi assessor político de Donald Trump, não divulgou que manteve estes encontros na audiência do processo de confirmação, em janeiro, altura em que foi questionado se “alguém afiliado” à campanha presidencial tinha tido contacto com os russos.

Jeff Sessions manteve mais de 25 conversas com embaixadores estrangeiros na qualidade de membro de um comité do Senado, e duas interações, separadas, com o embaixador da Rússia, Sergey Kislyak, confirmou o Departamento de Justiça norte-americano.

A porta-voz do Departamento de Justiça dos Estados Unidos, questionada sobre o tema garantiu que Sessions não mentiu uma vez que não estaria ligado à campanha de Trump. Mas a líder da minoria democrata na Câmara dos Representantes, Nancy Pelosi, acusou Jeff Sessions de “mentir sob juramento” e exigiu que renuncie.
Além disso, já há pedidos para que o procurador-geral se abstenha de participar na investigação sobre a interferência de Moscovo nas presidenciais.