Última hora

Hungria: Bruxelas aprova capital russo em central nuclear

A Comissão Europeia aprovou, esta segunda-feira, a expansão de um projeto nuclear na Hungria fortemente apoiado pela Rússia. Benedek Jávor, eurodeputado ecologista húngaro, critica a decisão e ameaça

Em leitura:

Hungria: Bruxelas aprova capital russo em central nuclear

Tamanho do texto Aa Aa

A Comissão Europeia aprovou a expansão de um projeto nuclear na Hungria fortemente apoiado pela Rússia.

O executivo europeu diz confiar que o governo de Budapeste vai cumprir as regras comunitárias “em matéria de apoios do Estado” a este tipo de obra, bem como “os compromissos de limitar as distorções da concorrência”.

Benedek Jávor, eurodeputado ecologista húngaro, critica a decisão, argumentando que “85% da nossa importação de gás tem origem na Rússia”.

“A construção desta central nuclear será feita com financiamento russo, tecnologia russa e à base de combustível russo, o que aumentará a nossa dependência energética da Rússia. Claramente vai contra a estratégia europeia de segurança energética”, acrescentou.

O eurodeputado não descarta a possibilidade de recurso aos tribunais contra a decisão da Comissão Europeia e há, também, discussões sobre tentar convocar um referendo.

A expansão da única central nuclear húngara está estimada em cerca de 12 mil milhões de euros, que a Rússia irá financiar em 80%.