Última hora

Em leitura:

Justiça conclui: George Michael morreu de causas naturais


Reino Unido

Justiça conclui: George Michael morreu de causas naturais

George Michael morreu de causas naturais e não vão ser precisas mais investigações.

A conclusão é do coroner (magistrado que, no direito dos países anglo-saxónicos, confirma os óbitos e estabelece as causas da morte) do condado de Oxfordshire, encarregue de investigar a morte do cantor. A conclusão é que a estrela da pop, falecida no dia de natal do ano passado com 53 anos, foi vítima de uma combinação de problemas cardíacos e hepáticos.

Fica afastada a hipótese de uma segunda autópsia. O corpo de George Michael vai agora poder ser entregue à família.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Coreia do Sul

EUA instala mísseis na Coreia do Sul