Última hora

Última hora

Cimeira vai discutir o futuro da União Europeia a médio prazo

Os líderes da União Europeia reúnem-se para discutir o futuro do bloco a médio e longo prazo, quinta e sexta-feira, em Bruxelas. Apesar da migração e da economia também constarem da agenda, a cimeira

Em leitura:

Cimeira vai discutir o futuro da União Europeia a médio prazo

Tamanho do texto Aa Aa

Os líderes da União Europeia reúnem-se para discutir o futuro do bloco a médio e longo prazo, quinta e sexta-feira, em Bruxelas. Apesar da migração e da economia também constarem da agenda, a cimeira acontece depois de ter sido publicado o Livro Branco da Comissão Europeia.

Para o futuro da União foram apresentados cinco cenários, e o que prevê a integração a várias velocidades tem o apoio dos líderes da Alemanha, França, Itália e Espanha, que se reuniram, segunda-feira, em preparação para a cimeira de Bruxelas.

Este debate será retomado, a 25 de março, por ocasião da celebração dos 60 anos do Tratado de Roma, que fundou a comunidade.

O futuro da União passa também por negociar o Brexit, sendo esta a última cimeira antes do prazo dado pela primeira-ministra britânica para invocar o Artigo 50 do Tratado de Lisboa, até 31 de março.

Theresa May, que enfrenta a pressão do seu próprio Parlamento nesta matéria, ao nível da câmara dos Lordes, só participa no primeiro dia da cimeira.

Será logo nesse dia que se decide o futuro de Donald Tusk, que se recandidatou a novo mandato de dois anos e meio como presidente do Conselho Europeu.

O ex-primeiro-ministro polaco não tem o apoio do governo do seu próprio país, devido a rivalidades políticas internas, mas deverá ser eleito com apoio dos restantes Estados-membros.