Última hora

Em leitura:

CIA acusa Wikileaks de ajudar inimigos dos EUA


EUA

CIA acusa Wikileaks de ajudar inimigos dos EUA

A CIA acusou o site Wikileaks de ajudar os inimigos dos Estados Unidos ao revelar métodos usados pela Agência Central de Inteligência norte-americana para aceder a “smartphones”, computadores e televisores conectados para espiar os utilizadores.

Segundo o Washington Post, o FBI prepara-se para lançar “uma vasta caça” para identificar os responsáveis pela fuga de informação.

O porta-voz da Casa Branca, Sean Spicer, afirmou que “quem revela documentos classificados […] será perseguido e enfrentará o mais alto nível da justiça. Jogar com a segurança nacional não é algo que será tomado de ânimo leve pela administração”.

De acordo com o Wikileaks, o consulado dos Estados Unidos em Frankfurt serviu de base aos “hackers” da CIA para as atividades de espionagem na Europa, Médio Oriente e África.

A Apple e a Samsung, duas das marcas cujos aparelhos serão visados, manifestaram grande preocupação com as revelações e disseram que “a segurança e privacidade dos utilizadores é uma prioridade”.

Alemanha e Turquia tentam reparar relações sem grande sucesso

Turquia

Alemanha e Turquia tentam reparar relações sem grande sucesso