Última hora

Última hora

EUA lançam caça ao líder do EI que terá desertado a batalha de Mossul

O líder do grupo Estado Islâmico (EI) terá desertado Mossul há várias semanas, para escapar à ofensiva das forças iraquianas sobre a cidade.

Em leitura:

EUA lançam caça ao líder do EI que terá desertado a batalha de Mossul

Tamanho do texto Aa Aa

O líder do grupo Estado Islâmico (EI) terá desertado Mossul há várias semanas, para escapar à ofensiva das forças iraquianas sobre a cidade.

Segundo um responsável norte-americano, citado pela agência France Presse, Abou Bakr Al-Baghdadi, “está vivo”, mas não está aos comandos dos cerca de 3 mil jihadistas que ainda resistem no oeste de Mossul.

A alegada retirada de Baghdadi lançou uma verdadeira caça ao homem no terreno, por parte dos serviços secretos norte-americanos.

Em paralelo, os militares iraquianos prosseguem as operações de desminagem nas zonas retomadas nos últimos dias no oeste de Mossul.

Três semanas após o início da segunda fase da ofensiva, o exército encontra-se agora às portas da zona velha da cidade, uma área medieval e labiríntica que é o último reduto dos islamitas.

Fontes dos serviços anti-terroristas iraquianos afirmam esperar que a nova batalha, que deslocou já mais de 50 mil civis, possa estar terminada dentro de um mês.