Última hora

Em leitura:

Reino Unido: Parlamento abre definitivamente via a separação da UE


Reino Unido

Reino Unido: Parlamento abre definitivamente via a separação da UE

O Parlamento britânico aprovou definitivamente a legislação que permite à primeira-ministra Theresa May iniciar o processo de “divórcio” com a União Europeia.

Depois de uma sessão que se prolongou noite dentro, a Câmara dos Lordes acedeu finalmente a dar “luz verde” ao texto confirmado durante a tarde pelos Comuns, que tinham suprimido as emendas que exigiam que o governo assegurasse ou direitos dos cidadãos comunitários e davam aos deputados poder de veto nas negociações entre Londres e Bruxelas.

Um porta-voz de Downing Street garantiu que o calendário de May não será afetado pelo anúncio da chefe do governo escocês, Nicola Sturgeon, que indicou que vai submeter na próxima semana ao parlamento da Escócia a proposta para realização de um novo referendo sobre a independência do Reino Unido.

May diz que a “falta de visão exibida pelo Partido Nacional Escocês é lamentável, encaminhando a Escócia para mais incerteza e divisão […] quando a maioria do povo escocês não quer um segundo referendo. Em vez de fazer jogo político com o futuro do país, o governo escocês devia focar-se em oferecer boa governação e serviços públicos”.

Em Londres, várias centenas de manifestantes protestaram ontem contra o acionamento do artigo 50 do Tratado de Lisboa e pela defesa dos direitos dos cerca de três milhões de cidadãos comunitários que vivem no Reino Unido.