Última hora

Última hora

"Breves de Bruxelas": o alívio vindo da Holanda e o consentimento para o Brexit

Viveu-se um momento de alívio na Europa após as eleições legislativas na Holanda: o primeiro-ministro Mark Rutte, de centro-direita, ganhou as eleições, deixando para trás o eurocético e anti-imigraçã

Em leitura:

"Breves de Bruxelas": o alívio vindo da Holanda e o consentimento para o Brexit

Tamanho do texto Aa Aa

Viveu-se um momento de alívio na Europa após as eleições legislativas na Holanda: o primeiro-ministro Mark Rutte, de centro-direita, ganhou as eleições, deixando para trás o eurocético e anti-imigração Geert Wilders, que durante a campanha era visto como o futuro homem forte do país.

Estas eleições travaram, por agora, a onda populista iniciada pelo Brexit e seguida pela vitória de Donald Trump nos Estados Unidos. O analista político Wiert Duk, entrevistado pelo enviado especial da euronews à Holanda, James Franey, diz que o caso holandês pode ser um sinal para a Europa.

Neste programa que passa em revista a atualidade europeia diária destacamos, também, o facto da primeira-ministra britânica ter conseguido todas as condições jurídicas para iniciar as negociações sobre o Brexit. Depois do Parlamento, no início desta semana, a Rainha Isabel II também deu, quinta-feira, o seu consentimento.