Última hora

Em leitura:

ETA anuncia desarmamento total até 8 de abril


Espanha

ETA anuncia desarmamento total até 8 de abril

O grupo separatista basco ETA anunciou esta sexta-feira que vai concluir o seu desarmamento de forma unilateral até dia 8 de abril.

Segundo o jornal francês Le Monde, intermediários civis comunicaram à justiça francesa, em nome da ETA, a localização do arsenal militar dos separatistas bascos, a maior parte do qual está em território francês.

O chefe do governo basco, Iñigo Urkullu, acolheu com entusiasmo a notícia, enquanto o governo espanhol foi mais reservado:

“O governo basco dá credibilidade a esta possibilidade de desarmamento definitivo a curto prazo e, na medida das suas possibilidades, tem contribuindo para impulsionar este processo”, comentou Urkullu.

“Estamos a falar de uma organização terrorista, veremos o que fazem e agiremos em conformidade. A mensagem do governo não mudou desde 2011: a única possibilidade que têm é entregarem as armas e dissolverem a organização”, disse o porta-voz do executivo espanhol, Íñigo Méndez de Vigo.

Durante as quatro décadas de combate violento pela independência do País Basco, uma região que inclui uma parte do norte de Espanha e outra do sudoeste de França, a ETA foi responsável pela morte de 829 pessoas.

Em abril de 1995 a organização tentou matar o dirigente do Partido Popular, José María Aznar, com um carro armadilhado com 40 quilos de explosivos.

O assassínio em julho de 1997 do político basco do Partido Popular Miguel Ángel Blanco provocou manifestações de indignação.

Tribunal japonês condena Estado por negligência no acidente nuclear de Fukushima

Japão

Tribunal japonês condena Estado por negligência no acidente nuclear de Fukushima