Última hora

Exército iraquiano aproxima-se da mesquita Al-Nuri, no centro de Mossul

As forças iraquianas estão a poucas centenas de metros da mesquita Al-Nuri, de onde Al-Baghdadi proclamou, em julho de 2014, um califado nos territórios conquistados na Síria e no Iraque

Em leitura:

Exército iraquiano aproxima-se da mesquita Al-Nuri, no centro de Mossul

Tamanho do texto Aa Aa

O exército iraquiano avança dentro de Mossul, na zona antiga da cidade, uma fase de combate em ruas estreitas e casa-a-casa.

O centro antigo de Mossul, nas margens do rio Tigre, é o principal objetivo na batalha por Mossul, o último grande reduto do Daesh no Iraque.

As forças iraquianas estão a poucas centenas de metros da mesquita Al-Nuri, de onde Al-Baghdadi proclamou, em julho de 2014, um califado nos territórios conquistados na Síria e no Iraque.

“O céu está nublado e chove, mas apesar disso as nossas forças estão a avançar em direção aos alvos. Já só temos pela frente alguns obstáculos para chegarmos à mesquita al-Nuri, onde Abu Bakr al-Baghdadi proferia os seus discursos”, disse o major Haider Abu Dirgham.

Os combates na zona ocidental de Mossoul deixaram cerca de 100 mil pessoas sem abrigo, de acordo com um comunicado publicado pela Organização Internacional para as Migrações a 15 de março.

Homens, mulheres e crianças caminham horas à procura de abrigo. Nos pontos de controlo, as forças iraquianas tentam identificar membros do Daesh entre os civis.
Os campos instalados fora da cidade estão sobrelotados.

Mossul é a terceira maior cidade do Iraque. Localizada no norte do país, cerca de 400 km a noroeste de Bagdá, é a capital da Província de Ninawa.