Última hora

Em leitura:

"Breves de Bruxelas": terrorismo e relações UE-Japão


A redação de Bruxelas

"Breves de Bruxelas": terrorismo e relações UE-Japão

Já passou um ano desde o mais letal ato de terrorismo na história belga: a 22 de março de 2016, 32 pessoas foram mortas durante os ataques no aeroporto de Bruxelas e numa estação de metro perto das instituições europeias, tendo mais de 300 pessoas ficado feridas.

As pessoas mais diretamente confrontadas com o terror e que sobreviveram admitem que é algo que vai ficar com elas para resto da vida. Jef Versele, proprietário de uma cervejeira belga, estava no aeroporto naquele dia e falou com o jornalista da euronews Damon Embling.

Neste programa que passa em destaque a atualidade europeia diária destacamos, ainda, o anúncio do presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, de uma cimeira dos líderes da União Europeia, a 29 de abril, para aprovar as diretrizes para as negociações sobre o Brexit com o Reino Unido.

O anúncio foi feito durante uma conferência de imprensa com o primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, que veio a Bruxelas relançar as negociações para um acordo de livre comércio com o a União Europeia, que deverá ser concluído até ao final do ano.

Para terminar, recordamos que o vice-presidente da Comissão Europeia, Frans Timmermans, responderá às perguntas dos eurodeputados da Comissão das Liberdades Civis sobre o respeito pelo Estado de Direito na Polónia.

A Comissão Europeia tem acusado o governo nacionalista de Varsóvia de violar o Estado de Direito, especialmente depois das reformas no Tribunal Constitucional.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

A redação de Bruxelas

Bélgica debate-se com falta de pessoal para travar extremistas