Última hora

Em leitura:

May tinha acabado de falar no parlamento antes da sessão ser interrompida


Reino Unido

May tinha acabado de falar no parlamento antes da sessão ser interrompida

Os trabalhos parlamentares foram imediatamente interrompidos na sequência do ataque desta quarta-feira. A primeira-ministra Theresa May tinha participado na sessão semanal de perguntas ao governo na Câmara dos Comuns. O porta-voz do executivo não confirma que May se encontrava no local aquando do atentado mas surgiram fotos nas quais se veem a primeira-ministra a ser retirada do parlamento a grande velocidade.

Os deputados britânicos ficaram confinados no Palácio de Westminster enquanto se verificavam as condições de segurança, tendo depois sido transportados para a sede da Scotland Yard debaixo de uma forte escolta policial.

Em Edimburgo, o parlamento da Escócia também interrompeu a sessão. Os deputados da câmara autonómica preparavam-se para debater a realização de um novo referendo sobre a independência na sequência do Brexit quando ocorreu o atentado. A discussão foi adiada por tempo indeterminado, por respeito ao “parlamento irmão” da capital britânica, afirmou o presidente do parlamento escocês.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Turquia

Até onde irá a "guerra verbal" entre a Turquia e a Europa?