Última hora

Em leitura:

Detido alegado autor de ameaças de bomba contra centros judaicos


Israel

Detido alegado autor de ameaças de bomba contra centros judaicos

Tem 18 anos, dupla nacionalidade – israelita e norte-americana – foi detido em Jerusalém

É suspeito de levar a cabo ameaças de bomba contra centros judaicos nos Estados Unidos, na Austrália e Nova Zelândia.Mas a defesa revelou que o rapaz tem um tumor benigno na cabeça que lhe causa distúrbios comportamentais e de cognição.

A identidade não foi revelada para o proteger.

“Este é um jovem que, por causa da sua condição médica muito muito séria, não cumpriu serviço militar, não fez o ensino básico. E esta é uma coisa que o juiz pediu à polícia para verificar, para falar com os médicos, arranjar documentos e investigá-lo de acordo com a sua situação médica”, revelou a advogada de Defesa.

O suspeito resistiu à detenção e terá tentado apoderar-se de uma pistola durante a interpelação.

As autoridades confiscaram cinco computadores e outro equipamento, incluindo antenas para aceder a redes alheias a fim de passar despercebido.

As ameaças originaram a evacuação de vários centros comunitários judaicos, incluindo centros médicos e escolares.

Associadas à profanação de cemitérios judaicos, os alertas de atentados suscitaram receios de um aumento do antissemitismo nos Estados Unidos.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Reino Unido

Quem era Khalid Mansood, o alegado autor do atentado de Londres