Última hora

Em leitura:

QMundial2018: Espanha recebe Israel em jogo de segurança máxima


Desporto

QMundial2018: Espanha recebe Israel em jogo de segurança máxima

Está de regresso a fase de qualificação europeia para o Mundial da Rússia, a realizar no próximo ano. Portugal entra em campo no sábado, com a reedição, no Estádio da Luz, em Lisboa, do melhor jogo do Euro2016 (3-3): o duelo com a Hungria.

Grupo D: Gales visita o líder

Começamos a ronda pelos jogos desta sexta-feira com o jogo cabeça de cartaz do grupo D: a visita do País de Gales à Irlanda, a líder da classificação.

Com Gareth Bale de pé quente, os galeses ainda não perderam nesta caminhada para o Rússia2018, mas também só ganharam o primeiro jogo e são terceiros, a 4 pontos do primeiro lugar.

A Irlanda tem um registo inverso (um empate e três vitórias), mas está desfalcada no meio-campo para este jogo e Gales pode aproveitar para se aproximar do topo num jogo que promete ser intenso entre rivais anglófonos.

A Sérvia é a segunda do grupo e visita a Geórgia, que soma apenas dois empates, mas um foi em Gales. A Áustria vem de duas derrotas, está a seis pontos da Irlanda e recebe a última do grupo, a Moldávia.

Grupo G: Espanha recebe Israel

Espanha e Itália dividem a liderança, mas a “Roja” leva vantagem nos golos marcados. Nesta ronda, a seleção de Julen Lopetegui recebe Israel, a terceira, a um ponto dos líderes.

O ex-treinador do FC Porto saúda o regresso à boa forma de Andrés Iniesta e espera ver Diego Costa um pouco zangado em campo, num jogo que será segurança máxima extra futebol devido à marcação de uma manifestação anti-Israel para Gijon, cidade que recebe o jogo e cuja autarquia apoia a Palestina.

De resto, neste grupo G, além do duelo entre Liechtenstein e Macedónia, equipas que ainda nem pontuaram, a Itália recebe, em Palermo, a Albânia, uma seleção orientada pelo italiano Del Biasi e que conta com seis jogadores a evoluir no futebol transalpino.

Grupo I: Kosovo em busca de uma vitória desportiva e não só

Neste grupo, em termos desportivos, o jogo cabeça de cartaz é claramente a visita da Ucrânia, segunda na classificação, ao primeiro, a Croácia.

Destacamos, no entanto, o Kosovo, seleção recém-entrada para a família FIFA e que ainda procura a primeira vitória oficial. Mais do que isso, o país procura ainda a afirmação no plano internacional, jogando o acesso a um torneio realizado na Rússia, país que insiste em não reconhecer a independência kosovar em relação à Sérvia e, a par com a China, em bloquear a sua entrada nas Nações Unidas.

Num jogo apitado pelo português Artur Soares Dias, o Kosovo recebe esta sexta-feira a grande sensação do último Europeu, a Islândia.

No primeiro duelo da história entre ambos, os nórdicos tentam retomar o caminho dos triunfos e, quem sabe, chegar ao segundo lugar, caso os ucranianos percam.

Os kosovares empataram na primeira jornada na Finlândia e ainda procuram um primeiro triunfo. As esperanças de se qualificarem para o Mundial são escassas, mas estes são jogos que valem muito mais do que três pontos para os cidadãos do mais novo país dos Balcãs.

A receção da Turquia à Finlândia completa a jornada. Os turcos vêm da primeira vitória (2-0, na receção ao Kosovo) e têm de manter a tendência para não perder a luta pelo apuramento.

Os finlandeses ainda não ganharam, mas após o empate já referido na primeira jornada têm perdido sempre pela margem mínima e podem surpreender num território onde têm sido felizes: em sete jogos na Turquia, o primeiro um amigável em 1977, a Finlândia só perdeu um e ganhou quatro.