Última hora

Em leitura:

60 anos do Tratado de Roma: Aniversário com sabor a Brexit


Estado da União

60 anos do Tratado de Roma: Aniversário com sabor a Brexit

A União Europeia faz 60 anos mas este é um aniversário triste. Pela primeira vez desde a criação, um dos membros, o Reino Unido, está a sair. Bem vindos ao nosso programa: State of the Union.

A União Europeia enfrentou nos últimos anos outras crises: a crise dos refugiados, a crise grega, os ataques terroristas, a eleição de Donald Trump que quer que a União se desintegre, o crescimento dos populismos e do euroceticismo entre os cidadãos europeus.

Mas há quem recuse o pessimismo e o conformismo. Vejamos a entrevista que fizemos a Xavier Bettel, primeiro-ministro do Luxemburgo, um dos países fundadores do projeto europeu.

A primeira-ministra britânica, Theresa May não participa nas celebrações dos 60 anos. Vão decorrer no mesmo local onde se assinou, a 25 de março de 1957, o tratado fundador europeu, na sala dos Horácios e dos Curiácios do Museu Capitolino

Theresa May está pronta para ativar o artigo 50 do processo de divórcio já na próxima quarta-feira. As instituições europeias mostram-se firmes. Donald Tusk, presidente do Conselho Europeu, lembrou que se deve fazer tudo o que for possível para que o divórcio seja o mesmo doloroso possível para a União Europeia.

Mas o trauma do Brexit foi esquecido durante alguns momentos depois do ataque terrorista junto ao Parlamento britânico, no dia do primeiro aniversário dos ataques de Bruxelas, os piores que atingiram o país, a 22 de março de 2016. Uma reporgatem de Damon Embling.

Esta semana damos nota negativa ao presidente do Eurogrupo, Jeroen Dijsselbloem, que recebeu várias críticas dos responsáveis políticos de Itália, Espanha, Portugal e mesmo em Bruxelas, pelas declarações a um jornal alemão. Lembrou a solidariedade dos países do norte da Europa para com os do sul e acrescentou: “quem exige solidariedade também tem obrigações. Não pode gastar todo o meu dinheiro em vinho e mulheres e continuar a pedir ajuda”.

O presidente do Eurogrupo acabou por pedir desculpas mas não tem intenção de deixar o cargo à frente da zona euro.

Na próxima semana, destaque para a ativação do processo de divórcio do Reino Unido com a União Europeia.
Obrigado por ter estado connosco, tenha uma boa semana.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

tradução automática

tradução automática

Estado da União

"Estado da União": alívio na Holanda, luz-verde para Brexit e invetivas da Turquia