Última hora

Em leitura:

Incapaz de derrubar o Obamacare, Trump deseja-lhe má sorte


EUA

Incapaz de derrubar o Obamacare, Trump deseja-lhe má sorte

Obrigado a desistir do seu plano de saúde, por não ter votos suficientes na Câmara dos Representantes, o presidente dos Estados Unidos, conta as munições.

Donald Trump pretendia colocar em prática o American Health Care Act, a versão republicana do plano de saúde norte-americano. Já que não conseguiu substituir o Obamacare (Patient Protection and Affordable Care Act ou Lei de Proteção e Cuidado ao Paciente), não resta ao presidente outra alternativa senão desejar-lhe má sorte:

“O melhor que temos a fazer, em termos de política, é deixar o Obamacare implodir. Já está a acontecer em vários estados. Quase todos têm problemas.”

O próximo alvo de Trump é a reforma dos impostos. Sem a lealdade dos republicanos nem apoio democrata.

“Provavelmente vamos avançar agora para a reforma do sistema fiscal, o que poderíamos ter feito antes, mas isso realmente teria funcionado melhor se pudéssemos ter algum apoio democrata”, disse o presidente americano.

Donald Trump sofreu o primeiro revés legislativo do seu mandato. Caiu por terra uma das principais bandeiras da sua campanha presidencial, um objetivo para os republicanos desde que Barack Obama conseguiu a aprovação da sua reforma de saúde.

A notícia foi dada em primeiro lugar pelo jornalista Robert Costa, do Washington Post, a quem o presidente telefonou para anunciar a decisão.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Reino Unido

Londres: Investigações centram-se na motivação e alegados cúmplices