Última hora

Em leitura:

Londres: Investigações centram-se na motivação e alegados cúmplices


Reino Unido

Londres: Investigações centram-se na motivação e alegados cúmplices

Qual foi a motivação e quem foram os cúmplices de Khalid Massood, britânico nascido Adrian Russell Ajao, autor do ataque em Londres na quarta-feira.

Questões ainda por responder e que concentram as investigações das autoridades britânicas. Quatro individuos encontram-se ainda detidos por suspeita de implicação no atentado que vitimou 4 pessoas e feriu 40.

No total 11 foram detidos, mas ao final desta sexta-feira sete estavam já em liberdade, uma delas – mulher – foi obrigada a pagar uma caução.

Algumas das detenções aconteceram em Birmingham, cidade, que como outras, foi palco de uma vigilia de solidariedade, em que também participaram muçulmanos.

“Alguns extremistas vão tentar explorar a situação, sejam extremistas religiosos como os do ISIL que reivindicam ações destas para projetar uma imagem forte e atrativa com o objetivo de recrutar mais pessoas para os seu intentos maléficos. Ou então, extremistas de direita que exploram estes horríveis e trágicos incidentes para espalhar o ódio contra comunidades inteiras”, afirmou Salma Yaqoob, muçulmana e antiga conselheira municipal.

As investigações prosseguem. Khalid Masood de 52 anos casou com uma muçulmana em 2004 e converteu-se ao Islão. De seguida trabalhou na Arábia Saudita antes de regressar ao Reino Unido em 2009.