Última hora

Em leitura:

Brexit faz orquestra mudar para a Europa Continental


Reino Unido

Brexit faz orquestra mudar para a Europa Continental

O impacto do Brexit está a fazer-se sentir em vários setores, incluindo na Orquestra Europeia de Música Barroca, que vive os últimos dias em Oxford, Inglaterra, antes da mudança para Antuérpia, na Bélgica.

A orquestra é composta por jovens de 14 países e teme que o Brexit os faça perder os subsídios europeus. Katarzyna vem da Polónia: “Vai ser muito mais difícil viver ou trabalhar no Reino Unido. Agora vai ser difícil decidir o que fazer. Muitos músicos no Reino Unido têm este problema agora, porque vivem há muito tempo no país e têm cá família”.

Para Paul James, diretor da orquestra, o Brexit foi um golpe duro: “Foi como um murro no estômago. Fiquei doente, deprimido. Claramente, não faz sentido gerir uma entidade da União Europeia a partir de fora da União Europeia”.

Paul James dirige esta orquestra desde a fundação, há 32 anos. Todos os anos, junta cerca de 20 jovens europeus.

Agora, é altura de se instalarem do outro lado do Canal da Mancha, no Augustinus Muziekcentrum, em Antuérpia. Outras orquestras e grupos musicais pan-europeus com sede no Reino Unido podem agora seguir o exemplo.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

tradução automática

França

Carlos, o Chacal: Defesa e vítimas reagem