Última hora

Em leitura:

Itália: protesto para salvar oliveiras de gasoduto degenera em violência


Itália

Itália: protesto para salvar oliveiras de gasoduto degenera em violência

Trezentos manifestantes envolveram-se em confrontos com a polícia na localidade de Melendugno, no extremo sudeste de Itália, durante um protesto contra o projeto do Gasoduto Trans-Adriático, que deverá conduzir gás do Azerbaijão para o mercado europeu.

Os manifestantes contestavam, concretamente, a decisão de expropriar terrenos e abater 200 oliveiras para permitir as obras de ligação do gasoduto à rede italiana de gás.

O projeto, com a signa TAP em inglês, pretende reduzir a dependência europeia do gás natural russo, fazendo a ligação com o Gasoduto Trans-Anatólio, a porção turca do chamado “Corredor do Sul da Europa”, já em construção, mas é contestado na Grécia e em Itália, onde é visado por várias ações legais.

O Gasoduto Trans-Adriático será ligado à rede europeia em Melendugno mas as autoridades locais opõem-se ao projeto, que recebeu o aval de Roma, denunciando nomeadamente o risco de fugas de gás, devido à importante atividade sísmica na região.