Última hora

Morreu Ahmed Kathrada, ativista sul-africano anti-apartheid

Kathrada estava entre os que foram julgados e presos juntamente com Mandela, no julgamento de Rivonia, em 1964

Em leitura:

Morreu Ahmed Kathrada, ativista sul-africano anti-apartheid

Tamanho do texto Aa Aa

Ahmed Kathrada, o ativista sul-africano companheiro de luta de Nelson Mandela contra o apartheid, morreu esta segunda-feira em Joanesburgo, aos 87 anos.

Kathrada estava entre os que foram julgados e presos juntamente com Mandela, no julgamento de Rivonia, em 1964. Passou 26 anos e três meses na prisão, 18 dos quais em Robben Island, ao largo da Cidade do Cabo.

Foi uma das figuras de primeiro plano durante as negociações entre o Congresso Nacional Africano (ANC) e o regime branco que contribuiram, nos anos 1990 para o fim do apartheid e as primeiras eleições livres do país em 1994.

Depois do fim do regime de apartheid, Kathrada foi membro do parlamento e conselheiro do presidente Nelson Mandela no primeiro governo do Congresso Nacional Africano, entre 1994 e 1999.