Última hora

Predidenciais: Benoît Hamon apela à união da Esquerda

Benoît Hamon, o candidato presidencial do Partido Socialista Francês, apelou à união de toda a esquerda.

Em leitura:

Predidenciais: Benoît Hamon apela à união da Esquerda

Tamanho do texto Aa Aa

Benoît Hamon, o candidato presidencial do Partido Socialista Francês, apelou à união de toda a esquerda.

O pedido surgiu depois do antigo primeiro-ministro socialista Manuel Valls ter anunciado que no escrutínio presidencial, em abril, vai votar em Emmanuel Macron devido ao risco de vitória de Marine Le Pen, candidata da extrema-direita.

Hamon condenou, duramente, o anúncio de Valls.

“Cidadãos da Esquerda, peço-vos para punirem aqueles que se prestam a este jogo mórbido e peço, ao mesmo tempo, para virarem a página da velha política, virarem as costas àqueles políticos que não acreditam em nada e mudam consoante o vento”, acusou o candidato socialista.

O apoio dos socialistas a Benoît Hamon e os ataques ao anúncio de Valls foram-se sucedendo nas redes sociais.

Exemplo disso, o comentário no Twitter de Arnaud Montebourg, antigo ministro da Economia.

No entanto, as divisões internas do partido fizeram com que vários socialistas manifestassem apoio a Emmanuel Macron.

As eleições presidenciais francesas estão marcadas para 23 de abril.