This content is not available in your region

360 graus: Descubra os lugares do Porto que inspiraram Harry Potter

Access to the comments Comentários
De  Ricardo Figueira
360 graus: Descubra os lugares do Porto que inspiraram Harry Potter

<p>Poucos sabem, mas durante alguns anos, JK Rowling, a autora de Harry Potter, viveu no Porto e ter-se-á inspirado em muitas histórias e lugares da cidade para a criação de certos elementos da saga.</p> <p>Bruno Correia é um jovem guia turístico e entusiasta de Harry Potter que, juntamente com uma amiga e colega, Helena Cunha, criou um <a href="http://www.ntourism.pt/eng/catalog/magic-experience">percurso turístico à volta da saga</a>. Fomos fazer esse percurso com ele e o nosso primeiro ponto de passagem é a Livraria Lello. </p> <p>“Na minha opinião, esta livraria inspirou algumas decorações do castelo de Hogwarts, nomeadamente a biblioteca, onde se passaram parte das aventuras de Harry Potter e o escritório de Dumbledore, cuja decoração é em estilo neogótico, bastante semelhantes aos armários que podemos ver aqui na livraria. Estas escadarias são únicas, são a primeira construção em cimento armado da cidade do Porto e têm muito poucos apoios, muito poucos pilares. Isto dá ideia de estarmos num labirinto. Ou seja, poderão ter inspirado as escadas do castelo de Hogwarts”, diz Bruno Correia.</p> <p>Outro ponto comum entre o universo de Harry Potter e o Porto é o traje usado pelos estudantes: “As semelhanças entre o traje estudantil da Universidade do Porto e o uniforme dos alunos da escola de Hogwarts também é gritante. Os uniformes são muito semelhantes, nomeadamente a capa, bastante longa, até aos pés. Os turistas, ao visitarem a cidade e ao verem os estudantes, dizem que <em>vai ali um grupo de Harry Potters</em>“, acrescenta Bruno Correia, que diz ter esperança de que um dia Rowling assuma as influências em público: “Tenho quase a certeza absoluta que se inspirou no traje académico, porque as semelhanças são evidentes”.</p> <p>Depois do sucesso da visita guiada (que tem uma componente de jogo de pistas), Bruno Correia prepara agora um jogo de realidade aumentada para telemóvel, com base no mesmo universo. </p> <p><strong>Leia também</strong>: <a href="http://www.lefigaro.fr/livres/2016/07/29/03005-20160729ARTFIG00248-jeu-de-piste-magique-a-porto-berceau-de-harry-potter.php">Artigo do jornal francês Le Figaro</a></p>