Última hora

Em leitura:

Candidato da extrema-esquerda sobe nas sondagens das Presidenciais de França


França

Candidato da extrema-esquerda sobe nas sondagens das Presidenciais de França

A pouco mais de duas semanas das Presidenciais em França, marcadas para 23 de abril, Jean-Luc Melenchon regista uma subida nas sondagens e já será o quarto preferido dos franceses. O candidato da extrema-esquerda terá beneficiado da boa prestação nos debates televisivos entre candidatos.

Com os favoritos, Marine Le Pen e Emanuel Macron em queda ligeira, o controverso candidato do centro-direita, François Fillon, e o radical de esquerda sobem. O socialista Benoit Hamon segue abaixo dos 10 por cento e há quem sugira que possa vir a desistir em favor de Melenchon.

No “sprint” final de campanha, Melenchon poderá continuar a escalar nas sondagens e, quem sabe, conseguir nas urnas mais do que os 11 por cento alcançados nas eleições de há cinco anos.

É no entanto pouco provável que o candidato da extrema-esquerda se intrometa numa eventual segunda volta.

A luta pela sucessão de François Hollande deverá ser adiada para sete de maio e colocar frente a frente, na segunda volta, a candidata da extrema-direita, Marine Le Pen, e o independente de centro-esquerda, Emanuel Macron.

As sondagens continuam a indicar que o adversário de Marine Le Pen na segunda volta será o novo Presidente de França.

Atentado na Rússia: O primeiro funeral e a união de Moscovo a São Petersburgo

Rússia

Atentado na Rússia: O primeiro funeral e a união de Moscovo a São Petersburgo