Última hora

Em leitura:

Equador: partido do presidente eleito pede recontagem de votos


República do Equador

Equador: partido do presidente eleito pede recontagem de votos

Reviravolta impressionante no Equador, o partido Aliança País, do presidente eleito, o socialista Lenin Moreno, pediu, quarta-feira, uma recontagem imediata dos votos do escrutínio de domingo.

O anúncio do Aliança País, do presidente Rafael Correa, que está de saída, surge após dias de protestos, desde que o candidato da direita perdeu as eleições.

“Este exercício de recontagem dos votos, que apoiamos e pedimos ao Conselho Nacional Eleitoral, deve ser feito o mais rapidamente possível. Este exercício deve fortalecer a democracia equatoriana e isolar, para sempre, todos esses mentirosos e malfeitores que a nossa nação não merece,” afirmou a secretária-geral do Aliança País, Doris Solis.

Segundo o Conselho Nacional Eleitoral, após estarem contados 99,65% dos votos, Lenin Moreno conseguiu 51,16% dos votos, contra 48,84% do banqueiro Guillermo Lasso, candidato do partido Criar, de direita.

Ainda assim, Lasso contestou os resultados, alegou fraude e apelou às manifestações.

O Aliança País acusa o candidato do Criar de incitar à violência e pediram que se desculpe.