Última hora

Última hora

Maduro diz que país "está em paz" depois de violentos protestos em Caracas

Depois de um dia marcado por confrontos entre forças de segurança e manifestantes em Caracas, o presidente venezuelano, Nicolás Maduro, garantiu que o país está “em paz” e que os “focos de violência”

Em leitura:

Maduro diz que país "está em paz" depois de violentos protestos em Caracas

Tamanho do texto Aa Aa

Depois de um dia marcado por confrontos entre forças de segurança e manifestantes em Caracas, o presidente venezuelano, Nicolás Maduro, garantiu que o país está “em paz” e que os “focos de violência” foram “neutralizados”.

Militares juntaram-se esta quinta-feira à polícia para dispersar com gás lacrimogéneo e reprimir a marcha organizada pela oposição na capital da Venezuela.

Sob o lema “não à ditadura”, milhares de pessoas desfilaram em Caracas para apoiar o processo lançado pelo Parlamento, controlado pela oposição, contra os magistrados do Supremo Tribunal, próximos de Maduro, que na semana passada tentaram assumir os poderes legislativos da Assembleia Nacional.

Em paralelo, milhares de apoiantes do governo também desfilaram na capital para rejeitar o que classificam de um “golpe parlamentar” contra a Constituição venezuelana.