Última hora

Em leitura:

Síria: Líderes europeus apoiam ataque dos EUA e apelam às negociações


mundo

Síria: Líderes europeus apoiam ataque dos EUA e apelam às negociações

François Hollande confirmou o apoio do governo francês ao ataque dos Estados Unidos na Síria, após o lançamento de armas químicas.

O governo francês foi informado de antemão por Washington e defende a busca de uma solução política: “Creio que esta operação foi uma resposta que deve ser acompanhada a nível internacional, dentro das Nações Unidas, se possível, para que possamos chegar ao limite das sanções contra o regime de Bashar al-Assad e impedi-lo de usar armas químicas novamente, contra o seu próprio povo”, disse François Hollande.

Itália também transmitiu o seu apoio ao ataque aéreo dos EUA. Depois de conversar com os líderes franceses e alemães, o primeiro-ministro italiano, Paolo Gentiloni, defende negociações supervisionadas pela ONU: “os acontecimentos da noite passada não devem bloquear mas sim acelerar as negociações políticas, para alcançar uma solução de longo prazo – que é o único antídoto contra a ameaça do terrorismo”.

Rússia

Rússia condena ataque dos EUA à Síria enquanto Reino Unido apoia a ação