Última hora

Em leitura:

Chifres de rinoceronte contrabandeados a partir de Moçambique foram apreendidos na Malásia


Malásia

Chifres de rinoceronte contrabandeados a partir de Moçambique foram apreendidos na Malásia

Uma denúncia anónima permitiu às autoridades da Malásia apreenderem chifres de rinoceronte contrabandeados a partir de Moçambique.

A carga, avaliada em perto de 3 milhões de euros, foi despachada de Moçambique, via Doha, no Qatar, com documentos falsos que identificavam os chifres de rinoceronte como sendo “obras de arte”.


A caixa com os 18 chifres, que pesam mais de 50 quilos, foi descoberta pelos serviços aduaneiros no aeroporto de Kuala Lumpur.

Até ao momento ninguém foi detido. As autoridades malaias abriram uma investigação ao caso.


Os chifres de rinoceronte são utilizados pela medicina tradicional na Ásia, em particular na China. O comércio destes chifres está proibido desde 1977. Os rinocerontes estão ameaçados de extinção. Restam cerca de 29.000 espécimes contra mais de 500.000 no início do século XX.