United Airlines expulsa passageiro à força e gera tempestade de críticas

Access to the comments Comentários
De  Euronews  com EFE, Reuters, AFP
United Airlines expulsa passageiro à força e gera tempestade de críticas

<p>O diretor executivo da companhia norte-americana, United Airlines, já apresentou desculpas depois de um passageiro ter sido expulso pela força de um voo <br /> devido a um problema de excesso de reservas.</p> <p>Num vídeo partilhado mais de um milhão de vezes na internet pode ver-se um indivíduo de traços asiáticos que é retirado à força do assento que ocupava por um elemento da segurança.</p> <blockquote class="twitter-tweet" data-lang="en"><p lang="en" dir="ltr">Worst company of the year goes to <a href="https://twitter.com/hashtag/United?src=hash">#United</a> Airlines ! For that disgusting treatment of a paying passenger <span class="caps">AND</span> for attempting to cover it up! <a href="https://t.co/IVQDQTnnmq">pic.twitter.com/IVQDQTnnmq</a></p>— Sam Itani (@Samitanimusic) <a href="https://twitter.com/Samitanimusic/status/851596053799251968">April 11, 2017</a></blockquote> <script async src="//platform.twitter.com/widgets.js" charset="utf-8"></script> <p>Segundo testemunhas, a companhia teria pedido quatro voluntários mas ninguém se ofereceu.</p> <p>De acordo com a United, os lugares eram necessários para quatro funcionários da empresa.</p>