Última hora

Em leitura:

EUA largam "mãe de todas as bombas" no Afeganistão


Afeganistão

EUA largam "mãe de todas as bombas" no Afeganistão

Os Estados Unidos largaram, esta quinta-feira, a maior bomba não-nuclear de sempre, numa operação contra os extremistas do Estado Islâmico no leste do Afeganistão.

Conhecida como “a mãe de todas as bombas”, a GBU-43 foi lançada no distrito de Achin, perto da fronteira com o Paquistão.

O porta-voz da Casa Branca, Sean Spicer, explicou que “é uma arma grande, poderosa e precisa. Visou um sistema de túneis e cavernas usado por combatentes do Estado Islâmico para se moverem livremente, tornando mais fáceis ataques contra consultores militares norte-americanos e forças afegãs na região”.

Donald Trump disse ter dado a “autorização total” para o uso da bomba, pela primeira vez em combate, numa missão que descreveu como “muito bem sucedida”.

O presidente norte-americano afirmou que tem “o melhor Exército do mundo, que fez o seu trabalho como é habitual” e para o qual recebeu “autorização total” e “é por isso que tem sido tão bem sucedido ultimamente”.

A situação em termos de segurança mantém-se precária no Afeganistão, com os talibãs e o Estado Islâmico, bem como outros grupos militantes, a tentarem reclamar porções do território, mais de 15 anos depois da invasão norte-americana.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

tradução automática

Ucrânia

Ovos de Páscoa gigantes "invadem" Kiev