Última hora

Última hora

Malásia investiga ligações financeiras à Coreia do Norte

Em leitura:

Malásia investiga ligações financeiras à Coreia do Norte

Tamanho do texto Aa Aa

O banco central da Malásia vai colaborar na investigação ao alegado financiamento oculto do regime norte-coreano.

Um dissidente do regime de Pyongyang declarou à agência Reuters, esta semana, que o presidente de uma multinacional com sede em Kuala Lampur transferiu dinheiro para a Coreia do Norte durante duas décadas.

O empresário Edward Han Hu Il nasceu no país comunista e fundou a sociedade MKP em 1996, na Malásia, com um parceiro local. A companhia opera em duas dezenas de países, em setores que vão da construção, à extração mineira, passando pelos serviços financeiros. Em fevereiro um relatório da ONU evocou a participação da MKP no capital de um banco norte-coreano, o que o empresário negou.

As relações entre a Malásia e a Coreia do Norte saltaram para as manchetes em fevereiro com o homicídio de Kim Jong Nam, o meio-irmão do líder norte-coreano, no aeroporto de Kuala Lampur.