Última hora

Estudante paquistanês com opiniões liberais linchado por colegas

Um estudante de jornalismo conhecido pelas opiniões liberais foi morto de forma brutal por centenas de colegas numa universidade no noroeste do Paquistão.

Em leitura:

Estudante paquistanês com opiniões liberais linchado por colegas

Tamanho do texto Aa Aa

Um estudante de jornalismo conhecido pelas opiniões liberais foi morto de forma brutal por centenas de colegas numa universidade no noroeste do Paquistão.

Segundo a polícia, Mashal Khan foi despido, agredido, alvejado e atirado do segundo andar da sua residência, na Universidade Abdul Wali Khan, em Mardan. A agressão terá tido início no quarto do estudante. Um elemento dos quadros da universidade explicou, no anonimato, que Khan e dois amigos tinham tido um debate agitado com outros estudantes acerca de religião e que vários professores intervieram para tentar protegê-lo “mas uma multidão atacou, torturou-o e matou-o”. A polícia deteve até ao momento 11 estudantes.

O ataque brutal acontece num momento em que o governo paquistanês tem reforçado a posição anti-blasfémia, com medidas de censura nomeadamente nas redes sociais e com o apoio da ala mais conservadora do país.