This content is not available in your region

Pena de morte: Arkansas planeia avançar com sete execuções em 11 dias

Access to the comments Comentários
De  Euronews
Pena de morte: Arkansas planeia avançar com sete execuções em 11 dias

<p>O Estado norte-americano do Arkansas, onde não teve lugar nenhuma execução nos últimos 12 anos, planeia aplicar a pena de morte a 7 detidos no espaço de apenas 11 dias, já a partir da próxima segunda-feira.</p> <p>Os sete homens deverão ser executados por injeção letal, mas duas empresas farmacêuticas pediram a um tribunal federal para bloquear o uso das suas drogas no processo, afirmando que os químicos que produzem não estão destinado a fazer parte do “cocktail” mortal.</p> <p>Mas o governador do Arkansas afirma que “tem sido um pesadelo de 25 anos para algumas das vítimas e chegou o momento de aplicar a Justiça”. Asa Hutchinson acrescenta que o processo poderá, no entanto, ser afetado “pela revisão em curso nos tribunais”.</p> <p>Dezenas de pessoas juntaram-se em frente à sede do governo estatal, em Little Rock, para protestar contra as execuções. A manifestação contou com a presença do ator Johnny Depp.</p> <p>Para além do pedido das farmacêuticas ao tribunal, os sete detidos no “corredor da morte” lançaram uma série de processos legais para tentar travar as execuções.</p>