This content is not available in your region

Rússia, Síria e Irão alertam EUA para consequências de um novo ataque unilateral

Access to the comments Comentários
De  Euronews
Rússia, Síria e Irão alertam EUA para consequências de um novo ataque unilateral

<p>Rússia, Síria e Irão condenaram esta sexta-feira como “um ato de agressão”, o ataque com mísseis norte-americanos contra uma base aérea síria na semana passada.</p> <p>Numa reunião em Moscovo, os responsáveis da diplomacia dos três países, alertaram Washington para as consequências de um novo ataque direto, considerado uma violação da legislação internacional.</p> <p>Segundo Serguei Lavrov, “Na minha opinião é óbvio para toda a gente que violar a lei internacional é inaceitável e ações agressivas como esta têm como objetivo abalar o processo de paz previsto na resolução do Conselho de Segurança da <span class="caps">ONU</span>, votada de forma unânime”.</p> <p>Sobre o suposto ataque químico em Khan Sheikhun – considerado como “uma montagem”, por Serguei Lavrov – os três responsáveis exigiram a criação de uma comissão de inquérito internacional, com representantes dos três países.</p> <p>Para o ministro dos Negócios Estrangeiros sírio, Wallid Mualled:</p> <p>“A questão é saber porque é que os Estados Unidos temem a criação de uma comissão de investigação? Porque é que cometeram esta agressão antes da criação de uma comissão de inquérito? Será que querem submeter as relações internacionais à lei da selva?”.</p> <p>A reunião ocorreu dois dias depois da primeira visita do novo secretário de Estado norte-americano a Moscovo.</p> <p>O ataque norte-americano contra a base síria de Syriat, justificado como uma resposta à ação com armas químicas atribuída ao regime de Damasco, tinha levado Moscovo a suspender um acordo com Washington para evitar incidentes aéreos em território sírio.</p>