Última hora

Última hora

Papa condena "horror e morte" na Síria durante benção "Urbi et Orbi"

O papa Francisco voltou a apelar à paz na Síria e ao fim do que considerou ser o “horror e a morte” no país.

Em leitura:

Papa condena "horror e morte" na Síria durante benção "Urbi et Orbi"

Tamanho do texto Aa Aa

O papa Francisco voltou a apelar à paz na Síria e ao fim do que considerou ser o “horror e a morte” no país.

Durante a tradicional benção “Urbi et Orbi”, “à cidade e ao mundo”, o sumo pontífice evocou, no Vaticano, o ataque que vitimou mais de uma centena de xiitas, ontem, durante a evacuação de duas localidades pró-Assad, nos arredores de Alepo.

“Amada e martirizada síria, vítima de uma guerra que continua a semear o horror e a morte. Ontem assistimos ao mais recente ataque ignóbil contra refugiados em fuga que provocou mortos e feridos”.

Durante a benção que encerra os rituais de Páscoa, Francisco apelou igualmente à paz na Ucrânia, assim como em todo o Médio Oriente, do Iraque ao Iémen, do Sudão à República Democrática do Congo.

Depois de ter evocado a necessidade de prosseguir a luta contra a corrupção na América Latina, o papa dirigiu-se igualmente à Europa, para defender a esperança face à crise económica e ao desemprego, em especial o que afeta os mais jovens.