Última hora

Última hora

Tiroteio abala referendo na região curda de Diyarbakir

O referendo turco é abalado em Diyarbakir por um tiroteio que provocou três mortos junto a uma assembleia de voto no sudeste da província de maioria curda.

Em leitura:

Tiroteio abala referendo na região curda de Diyarbakir

Tamanho do texto Aa Aa

O referendo turco é abalado em Diyarbakir por um tiroteio que provocou três mortos junto a uma assembleia de voto no sudeste da província de maioria curda.

Segundo a imprensa turca, um grupo de militantes do partido do presidente, o AKP, teria tentado votar em nome das pessoas ausentes da localidade de Yabanardi.

Um gesto que originou confrontos com a população local, que terminou num tiroteio que vitimou pelo menos duas pessoas, a terceira vítima, um homem gravemente ferido, viria a falecer horas mais tarde no hospital.

A polícia turca abriu uma investigação ao incidente, tendo detido os dois filhos do presidente da Câmara local, na origem dos disparos.

O voto foi entretanto suspenso na localidade onde a segurança foi reforçada.

A meio da tarde mais de 60% do eleitorado curdo já tinha votado na consulta popular.

A consulta popular decorre sob segurança reforçada, com mais de 450 mil agentes mobilizados em todo o país.