Última hora

Em leitura:

Oposição turca contesta resultado do referendo


Turquia

Oposição turca contesta resultado do referendo

O referendo na Turquia sobre o reforço do poder presidencial divide o país e a oposição contesta os resultados. A consulta de domingo deve ser objecto de um relatório dos observadores internacionais.

Já esta manhã, o principal partido da oposição, Partido Republicano do Povo (CHP, social-democrata), pediu ao conselho eleitoral para cancelar o escrutínio devido a irregularidades na contagem dos votos.

A decisão sem precedentes do conselho de aceitar como válidos boletins sem o carimbo oficial originou indignação entre os partidos da oposição e entre os eleitores.

“Só há uma maneira de terminar estas disputas sobre a legitimidade deste referendo e aliviar a tensão de toda a nação, é cancelar esta votação”, reage Bülent Tezcan, Vice-Presidente do CHP.

O presidente consegue , através deste referendo, um rcontrolo importante dos poderes executivo, legislativo e judiciário. Cerca de 25 milhões de eleitores turcos votaram dezoito emendas à Constituição, um sentimento de desconfiança e tensão instalou-se no país.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Hungria

Húngaros recordam mortos do Holocausto com apelos à tolerância