Manchester United desfaz a festa ao Chelsea

Access to the comments Comentários
De  Euronews
Manchester United desfaz a festa ao Chelsea

<h3>Mourinho atrasa sonho do Chelsea</h3> <p>Faltam cinco jogos para o fim da Premier League e tudo indica que vai ser um fim de época cheio de emoções. O líder, Chelsea, foi a casa do Manchester United com o objetivo de conseguir os três pontos que lhe dariam o título, mas o resultado foi diferente do esperado. O Chelsea saíu de Old Trafford sem nenhum ponto e com o Tottenham a aproximar-se.</p> <p>Com esta vitória em casa por 2-0 sobre a antiga equipa, José Mourinho conseguiu a proeza de derrotar pelo menos uma vez, como treinador, todas as equipas que defrontou na Premier League.</p> <p>Mesmo se houve mão de Andrés Herrera no primeiro golo, assinado por Marcus Rashford, o árbitro validou. As reclamações do Chelsea chegaram tarde demais, os da casa venciam já aos sete minutos de jogo. O 2-0 chegou já na segunda parte, ao minuto 49, por Herrera.</p> <p>O jogo foi marcado pelos problemas disciplinares, com um total de cinco cartões amarelos mostrados pelo árbitro.</p> <p>Depois do jogo, ambos os treinadores, José Mourinho e Antonio Conte concordaram numa coisa – Houve um vencedor justo.</p> <p>“Hoje tivemos um desempenho especial porque tivemos também um adversário especial, o líder. Jogámos muito bem, foi uma performance sólida e causámos-lhes um duplo problema. Quando tinham a bola, porque controlámos muito bem e quando nós tínhamos a bola, porque fomos precisos, rápidos e agressivos nas nossas transições. Estou muito contente com este resultado”, disse José Mourinho, treinador do Manchester United.</p> <p>Apesar da mão que esteve na origem do primeiro golo do Manchester, o treinador do Chelsea Antonio Conte assume a derrota: “Estes dois jogos foram muito diferentes. Contra o Crystal Palace não merecemos perder. Hoje merecemos perder. Temos de pensar que há seis finais até ao fim e temos uma probabilidade de 50% de vencer a liga”.</p> <blockquote class="twitter-tweet" data-lang="en"><p lang="und" dir="ltr"><a href="https://twitter.com/hashtag/MondayMotivation?src=hash">#MondayMotivation</a> <a href="https://t.co/O3sFWzGhKk">pic.twitter.com/O3sFWzGhKk</a></p>— Manchester United (@ManUtd) <a href="https://twitter.com/ManUtd/status/853855307575042051">April 17, 2017</a></blockquote> <script async src="//platform.twitter.com/widgets.js" charset="utf-8"></script> <h3>Prognósticos</h3> <p>Temos uma semana decisiva à nossa frente, com a segunda mão dos quartos-de-final da Liga dos Campeões. Será que vamos assistir a mais uma fantástica recuperação do Barcelona? </p> <p>Estes são os prognósticos da equipa de desporto da euronews. Junte-se a nós, usando o <em>hashtag</em> #TheCornerScores.</p> <p>Leicester City 2-0 Atlético Madrid<br /> Real Madrid 1-1 Bayern Munich<br /> FC Barcelona 3-1 Juventus<br /> Monaco 2-0 Borussia Dortmund </p> <h3>O golo do ano</h3> <p>Terminamos com aquele que pode vir a ser o golo do ano. Vem da United Soccer League, a segunda divisão dos Estados Unidos, mais precisamente do jogo que opôs o <span class="caps">OKC</span> Energy FC à equipa de Sacramento. Ora veja: </p> <iframe width="560" height="315" src="https://www.youtube.com/embed/Vdzd1V00TNc" frameborder="0" allowfullscreen></iframe>