Última hora

Última hora

As implicações económicas do referendo na Turquia

No domingo, a Turquia votou a favor das mudanças constitucionais que reforçam o poder do presidente.

Em leitura:

As implicações económicas do referendo na Turquia

Tamanho do texto Aa Aa

No domingo, a Turquia votou a favor das mudanças constitucionais que reforçam o poder do presidente.

A maioria das alterações entra em vigor nas eleições no outono de 2019. A Turquia tornar-se-á então uma república presidencialista.

A alteração da Constituição permite também que o presidente Erdogan se mantenha no poder até 2029

Nesta edição de Business Line analisamos as implicações económicas do referendo.

O resultado cerrado da consulta popular dividiu a Turquia e originou críticas em Bruxelas. A UE pede uma investigação transparente às denúncias de irregularidades.

A agência de notação Fitch comentou também os resultados.

Segundo a agência, a vitória do AKP poderá ajudar o governo a avançar com políticas fiscais para fomentar o crescimento e a implementar reformas estruturais.