This content is not available in your region

Cientistas descobrem exoplaneta que pode ter sinais de vida

Access to the comments Comentários
De  Euronews
Cientistas descobrem exoplaneta que pode ter sinais de vida

<p>Um exoplaneta muito semelhante à Terra a orbitar uma estrela, a 40 anos-luz da Terra. A descoberta foi feita por uma equipa de cientistas internacional, do Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço, equipa da qual faz parte um investigador da Universidade do Porto, Nuno Cardoso Santos. O exoplaneta, já chamado de LHS1140b, de acordo com os cientistas, é rochoso, orbita uma estrela anã vermelha e é “um excelente candidato para a procura de sinais de vida.</p> <blockquote class="twitter-tweet" data-lang="pt"><p lang="en" dir="ltr"><span class="caps">ESO</span> <a href="https://twitter.com/hashtag/HARPS?src=hash">#HARPS</a> instrument helps astronomers discover <a href="https://twitter.com/hashtag/exoplanet?src=hash">#exoplanet</a> that may be best candidate for signs of life <a href="https://t.co/9PIFUpJWHS">https://t.co/9PIFUpJWHS</a> <a href="https://t.co/bbmz1t3uO6">pic.twitter.com/bbmz1t3uO6</a></p>— <span class="caps">ESO</span> (@ESO) <a href="https://twitter.com/ESO/status/854741599473070081">19 de abril de 2017</a></blockquote> <script async src="//platform.twitter.com/widgets.js" charset="utf-8"></script> <p>Um ano neste exoplaneta corresponde a apenas 25 dias na Terra. Dizem os investigadores que a estrela anã vermelha à volta da qual orbita o LHS1140b é mais fria e mais pequena que o Sol, por isso o exoplaneta só recebe cerca de metade da energia que a Terra recebe. </p> <p><em>Video <span class="caps">COURTESY</span> <span class="caps">EUROPEAN</span> <span class="caps">SOUTHERN</span> <span class="caps">OBSERVATORY</span></em></p>