Última hora

Operações de evacuação retomadas na Síria após ataque de sábado

Residentes de cidades conquistadas aos rebeldes pelo exército de Bashar al-Assad, nos arredores de Damasco e de Alepo, puderam partir esta quarta-feira sob reforçadas medidas de segurança.

Em leitura:

Operações de evacuação retomadas na Síria após ataque de sábado

Tamanho do texto Aa Aa

A evacuação de cidades recuperadas pelo exército às forças rebeldes foi retomada esta quarta-feira, na Síria, rodeada de reforçadas medidas de segurança após os ataques de sábado à operação nos arredores de Alepo.

Uma coluna de onze autocarros transportou cerca de 300 pessoas de cidades nas redondezas da capital Damasco e, mais a norte, cerca de três mil pessoas foram também retiradas das cidades de Fuaa e Kafraya, na província de Idlib.

O destino deste último contingente de deslocados internos seria a zona de transição de Rashidin, controlada pelos rebeldes, nos arredores de Alepo, onde as medidas de segurança também foram reforçadas.

De acordo com a organização “capacetes brancos”, no ataque de sábado à operação de evacuação mais de uma centena de pessoas morreu, incluindo quase 70 crianças.

Alguns dos autocarros incluídos na operação desta quarta-feira transportaram feridos e os restos mortais de algumas das vítimas do ataque de sábado, reportaram meios de comunicação locais.