Última hora

Tusk depõe em caso de espionagem entre russos e polacos

O presidente do Conselho Europeu foi recebido por apoiantes e opositores no país natal, que o chamou a depor num caso de espionagem.

Em leitura:

Tusk depõe em caso de espionagem entre russos e polacos

Tamanho do texto Aa Aa

O presidente do Conselho Europeu foi recebido por apoiantes e opositores no país natal, que o chamou a depor num caso de espionagem.

Donald Tusk é uma testemunha no processo contra antigos agentes dos serviços secretos “acusados de cooperar com serviços de espionagem de outro país sem a necessária autorização do então primeiro-ministro”.

De acordo com a imprensa polaca, a investigação incide sobre a cooperação de espiões com a Rússia, quando Tusk era primeiro-ministro da Polónia, incluindo trocas de informação depois de o avião presidencial polaco se ter despenhado em Smolensk. No acidente morreu o irmão gémeo de Jaroslaw, Lech Kaczynski.

Jaroslaw, considerado o principal responsável pela tomada de decisões na Polónia, apesar de não integrar o Governo, tinha afirmado que Tusk não devia ser renomeado presidente do Conselho Europeu.