Última hora

Em leitura:

Avenida de icebergs: o alarmante espetáculo do degelo no Ártico


Canadá

Avenida de icebergs: o alarmante espetáculo do degelo no Ártico

Todos os anos, a pequena aldeia de Ferryland, no Canadá, enche-se de turistas que vêm assistir ao espetáculo natural criado por icebergs à deriva, alguns maiores do que o que provocou o naufrágio do Titanic.


Este ano, a temporada começou bem mais cedo do que o habitual, logo nos primeiros dias de abril. Em geral, o fenómeno natural só ocorre no verão, mas este inverno voltou a bater recordes de temperaturas elevadas.

Um membro da Guarda Costeira do Canadá, Paul Veber, refere que os quebra-gelos não têm tido mãos a medir para manterem as condições de navegabilidade na região, este ano ‘invadida’ pelos icebergs bem antes do que é normal provocando uma situação que descreve como sendo “muito complicada”.

Os cientistas apontam para as alterações climáticas, e em especial para o aquecimento global, como a causa da antecipação do fenómeno.

Por seu turno, os pescadores temem que os icebergs destruam os aparelhos que utilizam na apanha do marisco.

Quanto a Donald Trump, o agora presidente dos Estados Unidos continua a achar que o aquecimento global é uma “falácia inventada pelos chineses” para roubar “competitividade à indústria norte-americana”.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Venezuela

Instabilidade na Venezuela: Fábrica da GM confiscada e emissões de três TV suspensas