Última hora

Em leitura:

França: 1 polícia morreu e 2 ficaram feridos em tiroteio em Paris


França

França: 1 polícia morreu e 2 ficaram feridos em tiroteio em Paris

Um polícia morreu e dois ficaram feridos, esta noite, num tiroteio em Paris, França.

O ataque foi reivindicado pelo auto-proclamado Estado Islâmico através da agência noticiosa AMAQ.

De acordo com uma do Ministério francês do Interior, citada pela agência Reuters, a troca de tiros ocorreu nos Campos Elísios, em pleno coração da capital francesa.

As autoridades revelaram, ainda, que terá havido dois atacantes e que um terá sido abatido. Não se sabe, ainda, a identidade dos atiradores.

Segundo uma testemunha, citada pela Reuters, um homem terá saído de um carro e começou a disparar “com uma metralhadora”.

As autoridades pedem aos parisienses para evitarem a área.

Fontes policiais admitem que o tiroteio poderá ter tido origem numa tentativa de assalto à mão armada.

O tiroteio ocorreu a poucos dias da primeira volta das eleições presidenciais francesas.

Os candidatos ao Palácio do Eliseu já se começaram a manifestar.

Emmanuel Macron afirmou, na sua conta na rede social Twitter, que está solidário com as forças da autoridade e que a missão do presidente é proteger o povo francês.

O socialista Benoît Hamon diz apoiar, totalmente, as forças policiais que lutam contra o terrorismo.

A candidata da extrema-direita já se manifestou. No Twitter, Marine Le Pen mostrou-se solidária para com as forças da autoridade.

O presidente dos Estados Unidos da América já enviou condolências ao povo francês por causa daquilo que, segundo Donald Trump, parece ser mais um ataque terrorista.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

Rússia

Rússia: Testemunhas de Jeová são "grupo extremista"