Última hora

Em leitura:

Reino Unido: Vendas a retalho afundam no início de 2017


Economia

Reino Unido: Vendas a retalho afundam no início de 2017

As vendas ao retalho no Reino Unido registaram a maior queda trimestral em sete anos. Segundo os dados do gabinete de estatística, ONS, entre janeiro e março, as vendas caíram 1,4%.

Só no mês de março a queda é de 1,8%.

Os dados mostram assim que o consumo das famílias está a desacelerar, depois de ter sido o principal motor do crescimento da economia britânica desde a vitória do Brexit no referendo de junho.

Para esta queda contribuiu a subida da inflação e a desvalorização da libra.

Analista na BGC Partners, Mike Ingram contextualiza: “A inflação relativa às vendas a retalho está em máximos de cinco anos, atinge os 3,2%. Estamos a ver que a subida dos preços começa a refletir-se nas prateleiras das lojas. Os salários continuam sob pressão no Reino Unido. No final, assistimos a uma real queda do poder de compra das famílias”.

Face a estes dados, os analistas antecipam uma desaceleração da economia britânica no primeiro trimestre. O PIB deverá progredir apenas 0,4%, ou seja, três décimas menos do que no trimestre precedente.

A estimativa do PIB é esperada na próxima semana, mas a notícia da queda das vendas a retalho provocou de imediato uma nova desvalorização da libra.