Última hora

Presidencias em França: Dia de reflexão sob fortes medidas de segurança

Nos territórios ultramarinos já abriram as urnas para uma das eleições mais disputadas de sempre em França.

Em leitura:

Presidencias em França: Dia de reflexão sob fortes medidas de segurança

Tamanho do texto Aa Aa

Nos territórios ultramarinos já abriram as urnas para uma das eleições mais disputadas de sempre em França. No total 47 milhões de eleitores decidem quem será o próximo presidente gaulês. Neste dia de reflexão não é permitida a divulgação de sondagens nem ações de campanha.

Esta primeira volta das presidenciais, tendo em conta os últimos ataques terroristas que ocorreram e os que foram evitados, vai ser marcada por uma forte presença militar para garantir a segurança. Aliás, os cinco candidatos concordam com o reforço do efetivo policial.

Para as eleições foi preparado um dispositivo com mais de 50 mil polícias, apoiados por 7 mil militares da operação Sentinela. Os 67 mil locais de voto vão ser alvo de uma atenção especial. Uma eleitora de Paris garante que está “confiante. Não me vou deixar influenciar por pessoas que nos tentam assustar. Talvez sejam essas pessoas as que têm mais medo”.

Neste ambiente de alguma tensão e insegurança, em França, os colégios eleitorais abrem às 8h (horário local) de domingo e fecham às 19h. Nas grandes cidades, o horário é estendido até as 20h.